Textos

Que sejamos vozes que 

convertem a língua que se fala

em uma sensação de mundo!

                                                                                                                                                                                            #Fildinhas

 

 

Desenhos

Por corações que pulsem e emanem amor… Simples assim!

Textos

Resistir…

era-uma-vez

 

Era uma vez que só uma vez não era o bastante
Ela tinha que repetir e repetir : Sou gente!
Não importa se sou verde, nordeste, sul, preta,

Norte, amarela, do mundo, dos fundos ou azul… Sou gente!
Aqueles que empurram,  xingam, fingem que não veem,

Podem jogá-la ao chão enquanto lhe cospem.
Caída ao chão, ela pode tremer,

Pedir que parem enquanto percebe que não a escutam.
Aí sim, eles podem achar graça, vomitarem desprezo ensanguentado de insignificância
Mal sabem eles que para si, por si, ela pulsando em descompasso ainda vibra : Sou gente!

FiLdinha

 

Desenhos

Maju

 A todas as Majus!  Em especial para minha Maju, sobrinha que tanto amo!maju-2

Textos

Vazio…

Um pouco de nada,

O vazio me interessa, vazio que acrescente.

Alguns buscam sentido em qualquer canto,

Outros não querem sentido algum perto de si.

Eu quero o vazio.

Quero o vazio que permite a curiosidade, a despretensão das palavras já que não cabe a elas dizer como verdade qualquer coisa.

Quero um pouco de nada como lucidez frente àqueles que querem tudo,

Um pouco de nada como o respingo de voz diante da tortura,  da exploração, do abuso…

Quero o vazio que queime em brasa a boca que grita, cospe e impõe.

Quero o vazio que não se perde de mim e dos meus sonhos.

FiLdinha

Fotos, Textos

Espairecer…

 

Bruna livro 2

 

Quando me veio a ideia do blog,  só tinha uma certeza. Nele publicaria tudo que me viesse à telha, sem restrições, nada de definições prévias de temas. Se em uma semana o que me tocou foi uma música, faço algo com ela! Se  em uma outra semana foi uma história? Falo da história! Se em outro dia nada disso me prendeu a atenção? Qual o problema, ué? Vou falar de outro assunto! Fico feliz pelos retornos, elogios que venho recebendo a respeito do que tenho produzindo. Para ser sincera, às vezes, nem eu consigo entender o alcance da minha página. Ah, inclusive, também fico muito feliz quando dizem que não entenderam alguma mensagem ( meu irmão, por exemplo). Afinal de contas, não estou  por aqui para me explicar e gosto disso hahahaha! Estou aqui para me jogar e sentir como aqueles que acompanham o blog me atravessam. Nesses últimos dias, tive muita vontade de escrever sobre o meu sentimento de falta de obrigatoriedade com esse espaço aqui. Não estou procurando grana, likes, nem mimimis , então…  Eu, YO, FiLdinha estou afim de dar uma espairecida! Sabe como é ?  Ler,ver , ouvir, conhecer coisas novas e velhas para, daí, daqui há alguns dias, sabe-se lá quantos, voltar a publicar algo. É isso que tinha para falar…Por hoje! 
Foto: Catarina Ribeiro