Textos

Vazio…

Um pouco de nada,

O vazio me interessa, vazio que acrescente.

Alguns buscam sentido em qualquer canto,

Outros não querem sentido algum perto de si.

Eu quero o vazio.

Quero o vazio que permite a curiosidade, a despretensão das palavras já que não cabe a elas dizer como verdade qualquer coisa.

Quero um pouco de nada como lucidez frente àqueles que querem tudo,

Um pouco de nada como o respingo de voz diante da tortura,  da exploração, do abuso…

Quero o vazio que queime em brasa a boca que grita, cospe e impõe.

Quero o vazio que não se perde de mim e dos meus sonhos.

FiLdinha

Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar

Sem Comentários

Deixar um comentário